• Anonymous
  • Pesquisar
    Pesquisa personalizada

  • Patrocinador
FORCALIVRE!

MILITEC NO MOTOR, COMPENSA????

Dúvidas e informações sobre motor, carburação e câmbio.
  • Patrocinador
forcalivre!

Se sabe o que é, aconselharia MILITEC?

Sim, aconselho MILITEC.
8
35%
Não, eu não acho que seja bom.
7
30%
Que porcaria é essa de MILITEC. É de comer?
8
35%
 
Total de votos : 23

Mensagempor ISAAC DE BSB » 20 Out 2006, 13:24

Alguém já ouviu falar sobre esse tal de MILITEC, uma espécie de aditivo p/ o óleo do motor. Eu ouvi falar muito bem e gostaria de saber a opinião dos colegas aqui do Clube. Aconselharia o uso? Sabe se tem alguma contra indicação? Funciona mesmo? Prolonga a vida útil do motor?
Quem nunca ouviu falar é só procurar no GOOGLE o site oficial digitando MILITEC. Lá explica o que é, como usar, onde aplicar, etc...
Vamos comentar, parece ser interessante.
Valeu...
Imagem"BRUTO, RÚSTICO e SISTEMÁTICO"
61-9559-7370 (Claro) 61-8210-9636 (Tim e zap zap)
Avatar do usuário
ISAAC DE BSB
Zelador
Zelador
 
XL700V Transalp
Valparaíso do DF/DF

Mensagempor ClesioW » 20 Out 2006, 14:02

AMIGO ISAAC

Este "aditivo" foi praticamente descoberto na europa nos anos 20 ou 30, proximo da Alemanha, ou nela, não sei direito, (o alemão que me contou a história, não lembrava bem, ex piloto de caça), existia uma mina de estração de ferro, em que os "vagonetes" carrinhos que eram usados sobre trilhos para transportar o minério, não sofriam desgastes do rodado, coisa que era muito comum em todas as outras minas, viviam tendo que trocar as rodas.

Quando do desenvolvimento da II Guerra, os alemães passaram a ter dificuldades durante um tempo, quando a inglaterra desenvolveu o caça spitfire, os alemães não conseguiam voar na mesma velocidade. O meio mais rapido de acabar com o avião inimigo era atira direto no bloco do motor.
Com isso o óleo ia embora e menos um inimigo no ar.
Daí um piloto que tinha morado perto da mina mágica, lembrou do pó que preserva a roda dos vagonetes da mina.

Não teve dúvida encheu o tanque de óleo do avião misturando o pó e fazendo uma pasta.

Quando os ingleses furavam o motor dele, (12 cilindros), mesmo sobrando 3 ou 4 cilindros e nenhum óleo, o avião continuava voando sem fundir o motor. Caso sobrassem mais cilindros ainda dava combate.

PRO AVIÃO ERA UMA BELEZA, =D> =D> O B A E N T Ã O V A M O S E NCHER O CARTE DA MOTOCA. :D ...

[-X [-X [-X [-X ESPERA , AUTO LÁ..... TEM UM PROBLEMA, QUALQUER ADITIVO QUE AUMENTE O DESLIZAMENTO DE METAIS, IRÁ CRIAR UM PROBLEMA NA EMBREAGEM QUE É BANHADA A ÓLEO.

Serve somente para moto BMW, alemã que tem embreagem seca, nem as BM 650 com motor italiano não podem usar... :-! :-!
Viver feliz é uma opção pessoal.

Antes de pilotar visite "
http://www.forumxt600.com.br/forum/view ... =0&start=0

Conheça tambem a minha TENERE ZERO KM http://www.forumxt600.com.br/forum/view ... highlight=
Avatar do usuário
ClesioW
Matraca
Matraca
 
Ténéré 2TY
ctba/Araraquara/Ctba_PR/PR

Mensagempor BETO COLINAS » 20 Out 2006, 14:17

Cara, te respeitei =D> =D> =D> =D>
Gostei da resposta a respeito deste assunto. :-!
Beleza :cool: :-! :-! :-! :-!
Um abraço.
"Quem gosta de motorzinho, é dentista"
Avatar do usuário
BETO COLINAS
In Memoriam
In Memoriam
 
XT600E 4MW
COLINAS/RS

Mensagempor ClesioW » 20 Out 2006, 15:05

Háa o "metal" ou composto quimico , que fazia o milagre chama-se molibidenio.
Viver feliz é uma opção pessoal.

Antes de pilotar visite "
http://www.forumxt600.com.br/forum/view ... =0&start=0

Conheça tambem a minha TENERE ZERO KM http://www.forumxt600.com.br/forum/view ... highlight=
Avatar do usuário
ClesioW
Matraca
Matraca
 
Ténéré 2TY
ctba/Araraquara/Ctba_PR/PR

Mensagempor ISAAC DE BSB » 20 Out 2006, 16:23

Meu brother,
Chego a arrepiar com a historinha que vc contou. PUTZ, Vale até um tópico maior. Muito obrigado pela sua colaboração preciosa. É por isso que esse CLUBE se torna cada vez mais interessante, somos nós quem fazemos esta parceria inigualável. :-! :-!
VALEUUUUUUU.......... [-o< [-o<
Imagem"BRUTO, RÚSTICO e SISTEMÁTICO"
61-9559-7370 (Claro) 61-8210-9636 (Tim e zap zap)
Avatar do usuário
ISAAC DE BSB
Zelador
Zelador
 
XL700V Transalp
Valparaíso do DF/DF

Mensagempor Caron » 20 Out 2006, 17:46

Caraca!!! :lol:

Sua idade no perfil esta errada!!! :x :x

vc deve ter uns 70 anos!!!! hehehehehehehe 8-) 8-) 8-) 8-)

Mandou bem nessa resposta!!!!!! :-! :-!
" VERMES DE JACOB "
LIBERDADE MOTOCICLETA ROCK'N ROLL
Avatar do usuário
Caron
Colaborativo
Colaborativo
 
XT600E 4MW
Santo André/SP

Mensagempor LeandroPereira » 20 Out 2006, 18:04

Aêê ISAAC só agora você ouviu falar no tal do MILITEC \:D/ , realmente é um aditivo sintético de cor dourada muito poderoso, ele reage nas moléculas da estrutura metálica, uso na minha potranca 660 :-! , na proporção indicada pelo mecânico da concessionária.

Somente utilizo o aditivo em duas em duas trocas de óleo, se coloca da seguinte forma: Na troca de óleo normal adiciona-se o MILITEC, ou seja, o nível do óleo na vareta será um pouco mais alto, o motor irá absorver por completo este aditivo penetrando em todas as peças do motor, baixando o nível ao patamar normal conforme indicação do manual,

Proporcionando um aumento de resistência ao atrito interno das peças, vou utiliza-lo também para banhar o pinhão, coroa e corrente numa panela a 80 graus como manda a concessionária.

A proporção é a seguinte 4 litros de óleo para 200 ml de aditivo, como no motor da 660 vai 2.8 litros de óleo eu coloquei 140 ml de MILITEC, como o MILITEC vem num frasquinho de 200 ml sobrou a proporção exata para utilizar no KIT corrente. :-!
2006/07: Fortaleza(Jeri)12500km
2007/08: Uruguai+Argentina+Chile(Patagônia)17000km
2008/09: Paraguai+Bolívia+Chile+Argentina(Dakar) 12000km
2010/11: Transpantaneira 5000km
2011/12: Argentina+Bolivia+Perú(selva Peruana)15100km
2012: Jalapão5900km
2013: Jalapão6805km
Avatar do usuário
LeandroPereira
Zelador
Zelador
 
XT660R
Brusque/SC

Mensagempor Clandio » 20 Out 2006, 18:17

Lim um teste da Motorshow (carros mesmo), onde entre vários aditivos o militec estava entre eles.
O que apurou-se é que, no caso específico do militec, NENHUMA MELHORA no desempenho ou redução de consumo. Como redutor de atrito uma leve melhora de desempenho ou redução de consumo era esperada. Testes em dinamômetros e de rodagem.

Questionados os fabricantes, pois os resultados foram pífios, a Militec, alegou que seu produto precisa rodar dentro do motor por +/- 5mil km para que possa aderir as paredes interna do motor.
Como, acredito que a maioria do Clube, não deixa o óleo por 5mil km sem troca, teoricamente ele não produziria o efeito desejado. Com base nas informações do fabricante à revista.

Utilizei, tanto no meu carro quanto na minha pick-up (diesel), e o único efeito que percebi foi aumentar o custo da troca de óleo. Como viajo bastante, trocando óleo com 10 mil km ou seis meses, sempre em estrada, fora o custo adicional do produto nenhuma outra mudança.

Não recomendo!
A melhor viagem é aquela que se volta inteiro, pra contar pros que ficaram...
Liberdade é disciplina com responsabilidade.
https://www.facebook.com/photo.php?fbid ... =3&theater
Avatar do usuário
Clandio
Mega-blaster Falador
Mega-blaster Falador
 
Tiger 1050
Blumenau/SC

Mensagempor Fabio&Sonia » 23 Out 2006, 19:37

Oi ClesioW,

desculpe-me, mas você está fazendo uma confusão. O aditivo que usa molibdênio é o MOLITEC. Esse que o Isaac citou é o MILITEC. O Militec é um líquido bem fino e não é aditivo. Ele só usa o óleo como meio de transporte para aderir as partes metálicas do motor. É um enrijecedor de metais e redutor de atrito.

Eu já usei no carro e percebi uma redução de ruído no motor, mas o consumo ficou igual.

Na moto já experimentei na minha Té, mas não recomendo pois a embreagem começou a patinar. :-D

[ ]'s
Imagem
Avatar do usuário
Fabio&Sonia
Falador
Falador
 
R 1200 GS
Uberaba/MG

Mensagempor LeandroPereira » 23 Out 2006, 22:33

[quote="Fabio&Sonia"]Oi ClesioW,

desculpe-me, mas você está fazendo uma confusão. O aditivo que usa molibdênio é o MOLITEC. Esse que o Isaac citou é o MILITEC.

Na moto já experimentei na minha Té, mas não recomendo pois a embreagem começou a patinar. :-D

Estou utilizando na 66 e a embreagem não está sofrendo nenhum sintoma, está tudo normalizado por em quanto, a única diferença notada é um forte cheiro exalado do motor quando está bem aquecido, já os gases espulsos pelo escapamento também não se percebe diferença de odores. É estranho, mais é isso que notei :-!

Abraços.
2006/07: Fortaleza(Jeri)12500km
2007/08: Uruguai+Argentina+Chile(Patagônia)17000km
2008/09: Paraguai+Bolívia+Chile+Argentina(Dakar) 12000km
2010/11: Transpantaneira 5000km
2011/12: Argentina+Bolivia+Perú(selva Peruana)15100km
2012: Jalapão5900km
2013: Jalapão6805km
Avatar do usuário
LeandroPereira
Zelador
Zelador
 
XT660R
Brusque/SC

Mensagempor ClesioW » 23 Out 2006, 23:01

Valeu Galera :oops:

o MOLITEC eu tambem conheço, a intenão foi a de dar uma atenção para o efeito sobre a embreagem, entretanto alguem aí tem um frasco do tal MILITEC, para dar uma olhada na composição quimica ? :-!

Já o avião eu não conheci pessoalmente não , só conhecí o piloto, eheheh, a idade no perfil esta correta Ok Caron :x
Viver feliz é uma opção pessoal.

Antes de pilotar visite "
http://www.forumxt600.com.br/forum/view ... =0&start=0

Conheça tambem a minha TENERE ZERO KM http://www.forumxt600.com.br/forum/view ... highlight=
Avatar do usuário
ClesioW
Matraca
Matraca
 
Ténéré 2TY
ctba/Araraquara/Ctba_PR/PR

Mensagempor kickdown » 23 Out 2006, 23:09

Oi pessoal, vou meter mais uma colher no tal pózinho..

1) O nome técnico é BISSULFETO de MOLIBDÊNIO ( MOs )
2) O nome fantasia mais conhecido vem do seu fabricante americano,
MOLYKOTE. È vendido para misturar com oleo de motor, de caixa e de diferencial. Trata-se de um aditivo E.P. ( extrema pressão ) que quando se rompe o filme de oleo, ele age como um aditivo sólido identico ao grafite, porém ao contrario desta, com alta temperatura ( + ou _ 400 graus cent,), não se transforma em abrasivo. Funciona excepcionalmente bem, mas não é necessário devido ao alto grau de aditivação dos oleos modernos de motor. NÃO pode ser usado em motor e caixa de motos devido á embreagem.
3) O militec utiliza aditivos, inclusive a base de TEFLON, e junto com oleos de motor com boa aditivação perde a função. Não pode ser utilizado no cárter de motoclicletas. Os testes com este produto não mostraram nenhuma vantagem significativa.

OBS. Se quiser triplicar a vida de uma corrente de transmissão, é só usar dentro dos o`rings graxa de lítio com BISSULFETO com um mínimo de 5%. O problema que é cara pacas. è de uso obrigatório em BALL-JOINTS e rolamentos de rodas de carros de corrida.

Abraços a todos
KICKDOWN
NA DÚVIDA, ACELERA!!!
Avatar do usuário
kickdown
Colaborativo
Colaborativo
 
XT600E 3TB
Santos/SP

Mensagempor LeandroPereira » 23 Out 2006, 23:16

[quote="ClesioW"]Valeu Galera :oops:

o MOLITEC eu tambem conheço, a intenão foi a de dar uma atenção para o efeito sobre a embreagem, entretanto alguem aí tem um frasco do tal MILITEC, para dar uma olhada na composição quimica ? :-!

Aííí vai preste atenção... Hidrocarbonetos sintéticos, aditivos estabilizadores e éster clorados reagidos quimicamente, totalmente estaveis. Não é toxico e não é inflamável.

Não contém parafinas cloradas, PTFE, solventes, metais, grafites, nem outros sólidos quaisquer.

Ajudou ou complicou? Eu não entendi mas estou em fase de teste com o produto ainda. :-!

Há não mencionei mas na tarja dis que não pode ser ingerido 8-)
2006/07: Fortaleza(Jeri)12500km
2007/08: Uruguai+Argentina+Chile(Patagônia)17000km
2008/09: Paraguai+Bolívia+Chile+Argentina(Dakar) 12000km
2010/11: Transpantaneira 5000km
2011/12: Argentina+Bolivia+Perú(selva Peruana)15100km
2012: Jalapão5900km
2013: Jalapão6805km
Avatar do usuário
LeandroPereira
Zelador
Zelador
 
XT660R
Brusque/SC

Mensagempor ClesioW » 23 Out 2006, 23:16

Valeu Kickdown!

Esclarecedor e técnico, tens o meu respeito :smt038

Abraço
Viver feliz é uma opção pessoal.

Antes de pilotar visite "
http://www.forumxt600.com.br/forum/view ... =0&start=0

Conheça tambem a minha TENERE ZERO KM http://www.forumxt600.com.br/forum/view ... highlight=
Avatar do usuário
ClesioW
Matraca
Matraca
 
Ténéré 2TY
ctba/Araraquara/Ctba_PR/PR

Mensagempor ClesioW » 23 Out 2006, 23:23

Há não mencionei mas na tarja dis que não pode ser ingerido




Gente, uahc uach eheheh, ohohoho ihihihi, seis são muito divertidos, ainda bem , ultimamente só to podendo "andar " no forum , já que a TE continua desmontada ainda. :-!
Viver feliz é uma opção pessoal.

Antes de pilotar visite "
http://www.forumxt600.com.br/forum/view ... =0&start=0

Conheça tambem a minha TENERE ZERO KM http://www.forumxt600.com.br/forum/view ... highlight=
Avatar do usuário
ClesioW
Matraca
Matraca
 
Ténéré 2TY
ctba/Araraquara/Ctba_PR/PR

Mensagempor TÉCNICO » 14 Mar 2007, 20:37

Oi pessoal... olha existe um conceito sobre MILITEC e o CARBONO...e alguns amigos estão deixando margem para interpretações não corretas.Ou seja MILITEC é um bom produto,boa qualidade,fiz teste para eu me certificar,e também fiz testes com o CARBONO... e os dois são muito bom...A diferença entre MILITEC e CARBONO E QUE O carbono RESISTE mais dentro do MOTOR,vai além...outrossim...CARBONO não tira FOLGAS do MOTOR,mesmo porque a folga do motor após amaciado é bem maior do que o tamanho do floco de CARBONO,isso é totalmente errado.E isso de AUMENTAR A VISCOSIDADE DO ÓLEO,qualquer produto pode fazer isso menos o CARBONO,ele apenas não deixa expandir o desgaste...ESTACIONA após a aplicação.... EU estou pesquisando mais,e se alguém tiver interesse em compartilhar comigo desta pesquisa,podemos o fazer.
ABK IND.COM.REP.IMP.EXP. DE PRODUTOS ESPECIAIS LTDA.
TÉCNICO
Moita
Moita
 
XTZ750 Super
Porto Alegre/RS

Mensagempor TÉCNICO » 14 Mar 2007, 20:44

é isso pessoal,reduzir ATRITO,significa evitar o DESGASTE,mas tudo o que é demais prejudica....PRODUTOS ALTAMENTE DESLIZANTE,não podem ser usados em sistemas de fragem....
ABK IND.COM.REP.IMP.EXP. DE PRODUTOS ESPECIAIS LTDA.
TÉCNICO
Moita
Moita
 
XTZ750 Super
Porto Alegre/RS

Mensagempor TÉCNICO » 17 Mar 2007, 17:52

kickdown escreveu:Oi pessoal, vou meter mais uma colher no tal pózinho..

1) O nome técnico é BISSULFETO de MOLIBDÊNIO ( MOs )
2) O nome fantasia mais conhecido vem do seu fabricante americano,
MOLYKOTE. È vendido para misturar com oleo de motor, de caixa e de diferencial. Trata-se de um aditivo E.P. ( extrema pressão ) que quando se rompe o filme de oleo, ele age como um aditivo sólido identico ao grafite, porém ao contrario desta, com alta temperatura ( + ou _ 400 graus cent,), não se transforma em abrasivo. Funciona excepcionalmente bem, mas não é necessário devido ao alto grau de aditivação dos oleos modernos de motor. NÃO pode ser usado em motor e caixa de motos devido á embreagem.
3) O militec utiliza aditivos, inclusive a base de TEFLON, e junto com oleos de motor com boa aditivação perde a função. Não pode ser utilizado no cárter de motoclicletas. Os testes com este produto não mostraram nenhuma vantagem significativa.

OBS. Se quiser triplicar a vida de uma corrente de transmissão, é só usar dentro dos o`rings graxa de lítio com BISSULFETO com um mínimo de 5%. O problema que é cara pacas. è de uso obrigatório em BALL-JOINTS e rolamentos de rodas de carros de corrida.

Abraços a todos
KICKDOWN
ABK IND.COM.REP.IMP.EXP. DE PRODUTOS ESPECIAIS LTDA.
TÉCNICO
Moita
Moita
 
XTZ750 Super
Porto Alegre/RS

Mensagempor SERINI » 18 Mar 2007, 00:03

BEM!
Eu li num artigo que este produto fui usado na guerra entre EUA E IRAQUE ! os americanos estavam tendo problema demais com os motores fundidos por causa da temperatura e falta de agua !
entao eles começaram usar o militec nos motores. drenavam todo oleo e usavam eles a seco ! dirigiam o dia todo com o carter seco! abriam o motor e nao tinha nem desgaste de aneis! e incrivel!
bem era isso!
valeu
SERINI
Moita
Moita
 
Ténéré 2VG
guaiba/RS

Mensagempor jarraum » 25 Jun 2007, 12:57

votei q uso e recomendo, a embreagem da moto não patina nada.
Pelo menos na 225 :D
TDM 225 Prata 2004
RD 135z Preta 1992
Neo CVT 115 Azul 2008
CB 500f Dourada 1976
Avatar do usuário
jarraum
Falador
Falador
 
Brusque/SC


 

Mensagempor John Bonham » 26 Set 2007, 13:31

jarraum escreveu:votei q uso e recomendo, a embreagem da moto não patina nada.
Pelo menos na 225 :D


Vc está usando o molitec ou o militec? e qual a proporção que vc coloca junto ao óleo de motor? e qual a periodicidade que vc o adiciona? a cada duas trocas? Grato.
Teneré 90, cor branca, carenagem integrada e dois faróis - espetáculo de moto!
Avatar do usuário
John Bonham
Colaborativo
Colaborativo
 
Ténéré 2VG
campo grande/MS

Mensagempor jarraum » 01 Nov 2007, 23:46

John Bonham escreveu:
jarraum escreveu:votei q uso e recomendo, a embreagem da moto não patina nada.
Pelo menos na 225 :D


Vc está usando o molitec ou o militec? e qual a proporção que vc coloca junto ao óleo de motor? e qual a periodicidade que vc o adiciona? a cada duas trocas? Grato.


demorei? hehe
MILITEC - 1 eu uso.
coloquei no caso da TDM + - 80 ml, a troca de óleo é apenas 1 litro, mas dai tem o total de óleo que deve ser em torno de 1,2 litros.
o recomendado é 60 ml por litro.
Só coloquei uma vez ainda, lá fala em colocar a cada 10 mil km.
tá ai a dica :)
TDM 225 Prata 2004
RD 135z Preta 1992
Neo CVT 115 Azul 2008
CB 500f Dourada 1976
Avatar do usuário
jarraum
Falador
Falador
 
Brusque/SC


 

Mensagempor boi » 02 Nov 2007, 01:24

ClesioW escreveu:AMIGO ISAAC

Este "aditivo" foi praticamente descoberto na europa nos anos 20 ou 30, proximo da Alemanha, ou nela, não sei direito, (o alemão que me contou a história, não lembrava bem, ex piloto de caça), existia uma mina de estração de ferro, em que os "vagonetes" carrinhos que eram usados sobre trilhos para transportar o minério, não sofriam desgastes do rodado, coisa que era muito comum em todas as outras minas, viviam tendo que trocar as rodas.

Quando do desenvolvimento da II Guerra, os alemães passaram a ter dificuldades durante um tempo, quando a inglaterra desenvolveu o caça spitfire, os alemães não conseguiam voar na mesma velocidade. O meio mais rapido de acabar com o avião inimigo era atira direto no bloco do motor.
Com isso o óleo ia embora e menos um inimigo no ar.
Daí um piloto que tinha morado perto da mina mágica, lembrou do pó que preserva a roda dos vagonetes da mina.

Não teve dúvida encheu o tanque de óleo do avião misturando o pó e fazendo uma pasta.

Quando os ingleses furavam o motor dele, (12 cilindros), mesmo sobrando 3 ou 4 cilindros e nenhum óleo, o avião continuava voando sem fundir o motor. Caso sobrassem mais cilindros ainda dava combate.

PRO AVIÃO ERA UMA BELEZA, =D> =D> O B A E N T Ã O V A M O S E NCHER O CARTE DA MOTOCA. :D ...

[-X [-X [-X [-X ESPERA , AUTO LÁ..... TEM UM PROBLEMA, QUALQUER ADITIVO QUE AUMENTE O DESLIZAMENTO DE METAIS, IRÁ CRIAR UM PROBLEMA NA EMBREAGEM QUE É BANHADA A ÓLEO.

Serve somente para moto BMW, alemã que tem embreagem seca, nem as BM 650 com motor italiano não podem usar... :-! :-!


Como diria meu amigo Zeca Bala estória linda :)T
Gostei :-! :-! :-! :-! :-! :-!
Avatar do usuário
boi
Colaborativo
Colaborativo
 
Ténéré 2TY
são paulo/SP

Mensagempor Varrus Capich Shaba » 12 Ago 2014, 14:59

Mais algum teste com o militec?
Abraço,

Ricardo.

Visitem www.capixabaerrante.blogspot.com
Avatar do usuário
Varrus Capich Shaba
Colaborativo
Colaborativo
 
R 1100/1150 GS
São Gabriel da Palha - Es/ES



Mensagempor Miúdo » 13 Ago 2014, 08:37

Eu!!! Achei muito bom, senti que o motor muda até o barulho, fica muito macio!!! E uso tamem na caixa de engrenagens do cardã!!! Comprei um monte!!! kkkk
.........Miúdo.........


Antes de magoá um coração, óia se ocê num tá dentro dele...
Avatar do usuário
Miúdo
Zelador
Zelador
 
R 1200 GS
Poços de Caldas/MG

Próximo

Voltar para Motor





  • Patrocinador
DLIVE!
cron